Higiene oral: 5 cuidados para quem tem implantes dentários

30 Janeiro, 2020
Higiene oral: 5 cuidados para quem tem implantes dentários

Existem cuidados a ter para evitar infeções que podem resultar na rejeição do implante dentário

Com o passar dos anos, os dentes tendem a desgastar e ganhar traumatismos, causando problemas a nível funcional e estético. Dores, desconforto e dificuldade em mastigar são consequências de uma boca pouco saudável e que precisa de tratamento.

O implante dentário é a solução ideal para estas situações. Adapta-se à boca do paciente, substituindo os dentes naturais e ajudando a recuperar a função mastigatória e estética.

Após a colocação do implante a recuperação é quase imediata, sendo que o paciente pode levar uma vida perfeitamente normal. No entanto, é preciso seguir as recomendações médicas, de modo prevenir possíveis riscos e complicações

1. Tome a medicação prescrita a horas

Após a colocação do implante, receberá uma prescrição médica. Os medicamentos devem ser tomados diariamente à hora indicada pelo médico e durante o período recomendado de forma a evitar dores, infeções e inchaços nos primeiros dias após a cirurgia. Aplique também gelo na região afetada.

2. Abandone os maus hábitos

Evite o tabaco e as bebidas alcoólicas, estes são prejudiciais para a sua saúde e danificam o implante. Abrir garrafas com os dentes, roer as unhas e morder objetos duros também são prejudiciais à saúde oral, visto que contaminam os implantes.

3. Reforce os cuidados de higiene oral

Os implantes têm o objetivo de substituir os seus dentes naturais devendo, por isso, ser vistos como os seus novos dentes. Desta forma, os cuidados de higiene não apenas se devem manter, como ser reforçados de forma a evitar bactérias e doenças.

Após a cirurgia, a dentição encontra-se bastante sensível, por essa razão, é aconselhável uma escova mental com a cabeça pequena, compacta e ultra-macia de forma a promover uma limpeza de forma suave nas zonas recém operadas. Pode também utilizar escovas interdentais que possibilitam a limpeza da região entre os dentes e a gengiva sem causar traumas aos tecidos e aos implantes.

Não esquecer o uso diário do fio dental!

4. Mude a sua alimentação

No período pós-operatório, deverá evitar os refrigerantes e fazer uma alimentação à base de alimentos líquidos, frios e moles ou pastosos (sumos, sopas, puré, banana).

Após o período de recuperação, deve continuar a evitar alimentos muito duros e procurar ingerir muita água e manter uma alimentação saudável. Procure alimentos à temperatura ambiente, frutas macias ou cozidas, e aproveite para abusar nos iogurtes, que são uma boa fonte de cálcio.

5. Visite o dentista com regularidade

As visitas regulares ao médico dentista devem realizar-se de 6 em 6 meses. Desta forma, o médico dentista poderá avaliar a sua saúde oral e fazer uma destartarização. Caso desenvolva alguma doença peri-implantar, o dentista vai diagnosticar a tempo de fazer o tratamento adequado para que não danifique ou perca os implantes.

Não deixe para amanhã o que pode mastigar hoje. Marque já a sua Consulta Online ou ligue 800 100 222. Temos facilidades de pagamento.

MARQUE AQUI
a sua consulta

Veja também